MEIO AMBIENTE

Fesp apresenta Zoneamento Ambiental do Medio Rio Grande

PASSOS (MG) - A Fundação de Ensino Superior de Passos (Fesp) vai lançar nesta quinta-feira (29), o resultado do projeto de pesquisa Grande Minas União pelas Águas, o Zoneamento Ambiental dos Afluentes Mineiros do Médio Rio Grande. A pesquisa apresenta um banco de dados completo que será utilizado pelo Comitê de Bacias do Médio Rio Grande, o GD7, na elaboração do Plano Diretor de planejamento e gerenciamento dos recursos hídricos de forma sustentável, atendendo às exigências da Política Nacional de Recursos Hídricos. O trabalho é desenvolvido através de parceria entre Fesp, Adebras, Comitê CBH-GD7 e Governo de Minas e será lançado durante o 2º Seminário sobre os Recursos Hídricos do Médio Rio Grande e 4º Workshop do Projeto Grande Minas União pelas Águas, que será na sede da Ameg (Associação dos Municípios Mineiros do Médio Rio Grande), das 08 às 17horas. “Este estudo conclusivo tem agora a missão de ultrapassar os limites da nossa bacia e pode servir de modelo para o zoneamento e gerenciamento de bacias hidrográficas de outras regiões. Do ponto de vista acadêmico, o projeto é mais uma contribuição para que Fundação esteja na vanguarda da pesquisa científica em Minas Gerais”, afirma o presidente do Conselho Curador da Fesp, professor Fabio Pimenta Esper Kallas.
O projeto Grande Minas foi desenvolvido em quatro anos, por uma equipe de pesquisadores formada por mais de 50 pessoas, entre professores especialistas, mestres e doutores da Fundação e estudantes de diversos cursos, além de técnicos e parceiros que participaram das varias etapas do projeto. Estes pesquisadores vão apresentar este banco dados em livro eletrônico de quatro volumes, condensados um DVD que será distribuído no evento da próxima quinta-feira, na Ameg. 
O estudo mostra que a bacia apresenta problemas comuns a outras bacias hidrográficas brasileiras, como poluição de diversos cursos hídricos por esgoto doméstico e degradação de terrenos rurais por atividades agropecuárias intensivas e possui outros aspectos relevantes, considerando a iminência de uma crise energética e de disponibilidade de água, os conflitos que envolvem a delimitação do Parque Nacional da Serra da Canastra e as atividades econômicas regionais, sobretudo voltadas para a agropecuária e extração mineral.
Usinas
A Bacia do Médio Rio Grande é limitada por três importantes usinas hidroelétricas brasileiras: Usina de Furnas, Usina de Estreito e Usina Mascarenhas de Moraes e inclui parte de um dos principais parques nacionais, a Serra da Canastra. Além disso, possui aspectos relevantes que precisam ser considerados em um Plano de Gerenciamento de Recursos Hídricos como o fato de a bacia estar dividida entre os biomas de Cerrado e Mata Atlântica, que precisam ser preservados e também sua condição geológica. “A bacia se divide em duas importantes províncias geológicas do Brasil: Bacia do Paraná e Embasamento Cristalino. A primeira inclui a Formação Geológica denominada Botucatu, que compõe um dos mais importantes aquíferos do mundo (Aquífero Guaraní) e, por outro lado, deriva terrenos bastante erosivos. A segunda inclui os Grupos Canastra e Araxá que apresentam quartzitos que são amplamente explorados na região como "pedra de revestimento" que, por um lado, constituem minerações altamente impactantes e, por outro, ajudam a movimentar a economia regional”, explica o professor Eduardo Goulart Collares, coordenador do projeto.
Segundo o professor, todos estes foram aspectos tratados no zoneamento ambiental e que resultou em uma divisão da bacia em 1607 unidades ambientais, que foram classificadas quanto à sua relevância para o meio ambiente e para a preservação dos recursos hídricos e, para cada uma foram estabelecidas diretrizes para o seu controle ambiental.
Comitês de bacias
A Política Nacional de Recursos Hídricos descentralizou o planejamento e o gerenciamento dos recursos hídricos através dos comitês de bacias hidrográficas. Para a presidente do Comitê CBH-GD7, Tereza Cristina Krauss, o Projeto Grande Minas destaca a importância do papel do comitê de bacia. “Esse projeto será base para um planejamento integrado que possibilite a comunicação entre o comitê e a sociedade no âmbito da bacia, contribuindo de forma decisiva para o desenvolvimento sustentável na região e isso só foi possível graças ao esforço conjunto de todos os envolvidos. Houve a contribuição dos segmentos representados no CBH GD7, a participação da Fesp/Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) Passos, a participação da Secretaria de Meio Ambiente do estado de Minas (Semad), através do FHIDRO, a participação da Adebra. É essa força conjunta que faz a diferença, pois o que se precisa é reforçar a capacidade dos comitês de bacia através de importantes parcerias”, afirma.
Retorno para a comunidade
O projeto Grande Minas foi realizado com recursos de cerca de R$ 1 milhão, viabilizados através do Fhidro, Fundo de Recuperação, Proteção e Desenvolvimento Sustentável das Bacias Hidrográficas do Estado de Minas Gerais. Para o professor Eduardo Collares, que é diretor do Núcleo Acadêmico de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão da Fesp, o Grande Minas é um dos maiores incentivos à pesquisa científica na região e todo o investimento será revertido para a população. “Cada centavo retorna agora para a sociedade na forma de um produto que pode contribuir em muito para a gestão ambiental da região e para a preservação dos nossos recursos hídricos, se for bem utilizado pelo poder público. Do ponto de vista pedagógico, o maior reflexo da relevância do Grande Minas é que pelo menos 40 alunos participaram da pesquisa e a maioria hoje está fazendo mestrado ou doutorado nos melhores centros de pesquisa do Brasil ou então estão muito bem empregados e trabalhando na área”, ressalta. Foram realizados levantamentos sobre hidrografia, hidrologia, clima, geologia, geomorfologia, flora e unidades de preservação, aspectos socioeconômicos, uso e ocupação do solo, saneamento básico, usuários dos recursos hídricos e qualidade das águas nos principais afluentes.
A área pesquisada abrange 22 municípios da região: Alpinópolis, Bom Jesus da Penha, Cássia, Capetinga, Claraval, Delfinópolis, Fortaleza de Minas, Ibiraci, Itamogi, Itaú de Minas, Jacuí, Monte Santo de Minas, Nova Resende, Passos, Pratápolis, São João Batista do Glória, São José da Barra, São Pedro da União, São Roque de Minas, São Sebastião do Paraíso, São Tomás de Aquino e Sacramento. Ainda estão inseridos dois grandes reservatórios administrados por Furnas Centrais Elétricas: o reservatório de Peixoto (231 km2) e parte do reservatório de Estreito (48 km2) em uma área total de 9.800 Km2, com população estimada de 400 mil habitantes.
O 2º Seminário sobre os Recursos Hídricos do Médio Rio Grande e 4º Workshop do Projeto Grande Minas União pelas Águas vai contar ainda com palestras e discussões de vários temas que abordam o futuro das águas de nossa região. Autoridades no assunto já confirmaram presença, como o gerente de Gestão de Recursos Hídricos da Agência Nacional de Águas (ANA), Nelson Neto de Freitas; a Diretora de Gestão das Águas do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM), Renata Maria de Araújo; o presidente do Comitê Federal do Rio Grande, Alexandre Augusto Moreira Santos e do representante da Operadora Nacional do Sistema Elétrico (ONS),  Eduardo Henrique Ferreira França. O evento é aberto ao público e gratuito. Mais informações: www.fespmg.edu.br
DCM da Fesp/Uemg

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

03
07
09
WELLS---160816
24-
B
22-
Yama-16.03.14
15
13
E

 

 

 

 

Leia mais

Campanha contra Sarampo e...
PASSOS (MG) - O Departamento de Vigilância Epidemiológica da Prefeitura Municipal de Passos anuncia que a Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil (Poliomielite), Sarampo e Atualização da Caderneta de Vacinas será realizada no período de 6 a 31 de agosto. O 'Dia D' de...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código de Vagas - Ocupação e Observações -...
Concessionária promove...
DIVINÓPOLIS (MG) - A concessionária AB Nascentes das Gerais realizou nesta quarta-feira (18), mais um simulado de acidente com produtos perigosos na Marginal Oeste da Rodovia MG-050, altura do km 129, região de Divinópolis. O objetivo do treinamento é aperfeiçoar as técnicas das equipes envolvidas,...
Sorocabano vence o prêmio...
SOROCABA (SP) - O escritor sorocabano João Paulo Hergesel venceu a 14ª edição do Prêmio Barco a Vapor, promovido pela Fundação SM com o objetivo de revelar novos autores, estimular a criação literária nacional e propiciar aos jovens leitores o acesso a textos inéditos e de...
Deputados mineiros aprovam...
BELO HORIZONTE (MG) - O deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB) viveu um dia de vitórias nas votações no plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (17). Dois vetos do governador Fernando Pimentel a projetos de Arantes foram rejeitados por ampla maioria pelo voto dos deputados presentes. Por 53 votos a...
Pacheco: MG tem a pior carga...
BELO HORIZONTE (MG) - Ao visitar Iturama nesta terça-feira (17), o pré-candidato ao governo de Minas, deputado federal Rodrigo Pacheco (Democratas), afirmou que o estado tem uma das piores cargas tributárias do país e a consequência disso é a fuga de muitas empresas, ao longo dos anos, para outros estados da...
Grupo de atletas do Passos FC...
PASSOS (MG) – A diretoria do Passos Futebol Clube apresentou oficialmente na tarde de ontem, parte do grupo jogadores que está se preparando para a disputa do Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Dos aproximadamente 30 atletas que vêm trainando três vezes por semana no período da noite sob o comando do...
Pacheco conta com o apoio de...
BELO HORIZONTE (MG) - Pré-candidato ao governo de Minas Gerais, o deputado federal Rodrigo Pacheco (Democratas) afirmou, nesta terça-feira (17), contar com a possibilidade de receber o apoio de grande parcela de integrantes do MDB que não concorda com a eventualidade de o partido apoiar a tentativa de reeleição do atual...
Escritores da região entre...
PASSOS (MG) - Os escritores Carlo Montanari, de Passos, e Deucelia Maciel, Babilonia, distrito de Delfinópolis (MG), estão entre os homenageados anualmente pela Associação Internacional de Escritores e Artistas que acontecerá em Maceió, capital do estado de Alagoas. Os 'Melhores do Ano' em 2018...
Extraordinária acontece...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - O presidente da Câmara, José Joaquim Silva, comunica a realização de extraordinária nesta quinta-feira (19), às 17h, para votação de dois projetos. Um, o de número 047/2018, que autoriza a abertura de crédito adicional especial por excesso de...