OPINIÃO

Glamour, abuso e punição

Por Zair Candido de Oliveira Netto*
No começo da década de 80, o esporte foi a vedete das políticas internacionais, com a Guerra Fria a todo vapor entre a antiga URSS (União das Repúblicas Soviéticas Socialistas) e os EUA (Estados Unidos da América), e foi transformado em uma ferramenta de soberba e disputa entre as nações. Essa disputa pelo poder certamente gera uma competição que extrapola os valores esportivos estabelecidos pelo idealizador dos jogos olímpicos atuais, Barão de Coubetin, que usava o lema "o importante não é vencer, mas competir. E com dignidade" - frase que não foi de sua autoria, mas que se tornou um lema para o esporte competitivo da era moderna. Mas parece que a extinção da antiga URSS e a criação do estado da Rússia não tirou dos governantes o modelo competitivo característico de vencer a qualquer custo.
O controle mundial de fiscalização anti-doping é feito pela WADA (World Anti-Doping Agency), órgão independente e liderado pelo COI (Comitê Olímpico Internacional), e se dá em todas as competições oficiais, como campeonatos mundiais e olimpíadas, além de ações de fiscalização relâmpago em treinamentos e locais onde os atletas vivem. Porém, em nações como a Rússia e a China, esses processos de fiscalização sempre são dificultados, com atletas sendo deslocados para locais de treinamento muito distantes.
A suspensão da equipe nacional da Rússia dos Jogos Olímpicos de Inverno foi a mais dura punição a uma nação em Jogos Olímpicos por causa do doping, e também a mais correta. A verdade é que não podemos mais ficar refém de estruturas governamentais bloqueando e escondendo informações criminosas, doping e crime no esporte. Sabemos ainda que há muita tecnologia a favor da prática e novos desafios para a WADA, como a nova geração de doping genético. Na pirâmide estrutural esportiva que envolve governantes, dirigentes desportivos, treinadores e atletas, cada um deve ter a sua carga de responsabilidade em prol do esporte. Punições como a da Rússia parecem ser apenas o início de uma nova era de controle, já que existem mais situações em processo de fiscalização e não ficaremos surpresos se outras nações forem punidas no futuro, mesmo que de forma retroativa, como aconteceu com alguns atletas russos que tiveram que devolver as medalhas obtidas na Olímpiada de Inverno de Sochi, na Rússia.
Todo o glamour que envolve o esporte, a busca pelo primeiro lugar, fama, retorno financeiro e a promessa de reconhecimento mundial levam entidades e esportistas a cometerem abusos ilegais e a procurarem formas de burlar as legislações vigentes de controle desse tipo de substância. A WADA está em constante evolução para caminhar a frente de laboratórios e pesquisadores que em prol da ciência para o desenvolvimento do esporte, acabam criando novas tecnologias de doping. O fato é que será difícil acreditarmos na quebra de recordes após presenciarmos o que está acontecendo com a Rússia, que sempre foi uma referência mundial no esporte de alto rendimento, mas infelizmente, com a ajuda do doping.
* Écoordenador de Educação Física da Universidade Positivo.
- Toda opinião divulgada neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

13
WELLS---160816
07
E
22-
09
B
15
24-
Yama-16.03.14
03

 

 

 

 

Leia mais

Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código de Vaga - Ocupação e Observações -...
Prefeitura estimula compras...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos  implementou o 'Projeto de Compras Governamentais' através de uma parceria com o Sebrae e de uma ação conjunta das  Secretarias Municipal de Administração, Planejamento e de Indústria, Comércio e Turismo. O projeto tem como principal objetivo o...
Renato Andrade participa de...
GUAXUPÉ (MG) - O deputado federal passense, Renato Andrade, esteve semana passada na reunião da Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana (Amog), com prefeitos, vereadores e lideranças da nossa região, para discutir pautas importantes para as nossas cidades. Ele destacou que entre...
Passos FC tem mudanças para...
PASSOS (MG) – Com duas novidades em relação ao time que perdeu domingo passado e o esquema tático diferente, o Passos FC busca na noite desta quarta-feira (15), em Patrocínio, na região do Alto Paranaíba, a primeira vitória no Campeonato Mineiro da Segunda Divisão. Depois de dois resultados...
Nota à Imprensa do governo...
BELO HORIZONTE (MG) - A Secretaria de Estado de Fazenda (SEF) informa que o fluxo de caixa do Tesouro Estadual neste mês de agosto permite que o Governo de Minas Gerais possa antecipar o pagamento da primeira parcela dos salários dos servidores para esta terça-feira (14). Os recursos estarão disponíveis na conta dos...
UPA de Passos terá repasse...
PASSOS (MG) - O Ministério da Saúde aprovou a qualificação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Passos o que, na prática, funciona como um 'Selo de Qualidade' pelos serviços de saúde prestados no local. A medida garante um repasse extra de R$ 3 milhões por ano. O prefeito Renatinho...
Vôlei e basquete do CPN em...
PASSOS (MG) - Nesse fim de semana terminou em Três Corações, os Jogos Infantis da Juventude (Joju) de basquete. O sub-13 do clube vermelho e branco finalizou sua participação na quarta colocação. Quem também entrou em quadra foram os meninos do vôlei mirim, sub-16, que estiveram em...
Assembleia garante parte de...
BELO HORIZONTE (MG) - A Assembleia Legislativa de Minas Gerais aprovou em segundo turno, na última quarta-feira (8), o Projeto de Lei (PL) 5.5012/18 conhecido como 'Securitização', que permite a venda de parte das dívidas que a administração do estado tem a recolher e, assim, adiantar o recebimento de...
Prefeitos denunciam crise...
PASSOS (MG) - A Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg) e seus prefeitos reuniram-se na última sexta-feira (10) na sede da entidade em Passos para denunciar, durante entrevista coletiva, a crise financeira desencadeada pelo atraso de repasses constitucionais por parte do Governo do...
Prefeitura se preocupa com...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos garante que vem trabalhando para resolver o problema dos moradores de rua. Prova disso é que implantou este ano o Comitê Intersetorial da População Em Situação de Rua por meio da Secretaria Estadual de Assistencial Social em parceria com a Secretaria Municipal de...