OPINIÃO

Opinião: "Acorda!"

Por Maurílio Romão*
Dia 19 de março de 2014 aconteceu, no prédio da Prefeitura Municipal de Passos, a licitação da  ‘Paixão de Cristo 2014’. Modalidade: Tomada de preço.
Sim, é isso mesmo.  A Paixão de Cristo - espetáculo de tradição de mais de 20 anos na cidade - virou um ‘produto de empreita’ onde a Prefeitura lava as mãos sobre seu destino e delega ao vencedor do menor preço.
O espetáculo em questão é mais (ou deveria ser) que um evento anual, é parte indissociável de nossa cultura, portanto não deveria ser  um objeto de licitação!
‘A Paixão de Cristo’ tem arrastado milhares de centenas de pessoas de Passos e região ao longo dos anos, elevando o nome da cidade e, principalmente, reconstruindo os passos de comunidades, representadas no espetáculo, num ato de fé.
Como licitar o espetáculo que conta, integralmente, com atores da comunidade que não ganham um tostão para fazer o espetáculo? Fazem pelo prazer, pela fé que levam consigo, pela ânsia de dizer algo através da arte. Como rifar a direção, a produção? Quem não vivenciou, culturalmente o espetáculo não sabe os anseios daqueles que se movem o ano todo para fazê-lo acontecer: o elenco!!!
O que a Prefeitura não tem conhecimento é que o elenco é quem faz a ‘Paixão’ acontecer, não é o Poder Público! O poder público – como ele tem atuado - é um mero agente de repasse de recurso, coisa que até o crime organizado poderia fazer – a exemplo das Escolas de Samba.
Não existe o interesse de saber como o todo reverbera nos atores, público e cidade. A Prefeitura ignora o valor antropológico deste espetáculo ao ar livre.
Eu convido o poder público a tomar um pouco de responsabilidade no que acerca o espetáculo, entenda, de uma vez por todas, que ele - o espetáculo - pode crescer muito, crescer mesmo, ser turístico, ser socialmente possível, sem usar o elenco e sumir até o próximo ano.
Aí vem um ou outro desavisado (a) que vai dizer: ‘Está dizendo isso por que vai ter concorrência‘. Prezado (a) Desavisado (a), tenho 20 anos de ‘Paixão’, já fui público, entusiasta, ator, assistente, co-Diretor, Diretor em parceria e Diretor Geral. Eu vivo a Paixão! Já passei por todas as fases da Paixão, conheço além do espetáculo, conheço o que está envolto dele. Cultura não tem concorrência, tem coerência!
 Ano retrasado foi feito um convênio para executar a paixão, ano passado licitação (que uma empresa de fora, que não conhecia o espetáculo e sua realidade. Iam fazer com o grupo da cidade de Guaranésia (MG), de 15 pessoas e trazer uma apresentação pronta!!!).
Imaginem se o  ‘vencedor ‘ da licitação do ano passado fosse a empresa de Guaranésia?  Como ficaria o elenco daqui que espera o ano todo para experienciar o espetáculo, para vivenciar sua fé através dele? Esse ano colocaram no edital que o espetáculo deve ser feito com o ELENCO daqui. Bom, pelo menos me ouviram nesse ponto. Fundamental. 
A licitação não foi resolvida no dia 19, pasmem! Ela será resolvida, com a abertura dos envelopes, dia 28 (sexta-feira) faltando exatamente 15 dias para a produção de um espetáculo de mais de 100 atores e dezenas de profissionais envolvidos, correndo o risco iminente de NÃO ACONTECER por falta de tempo hábil!
Sempre que a PMP através de seu Departamento de Cultura precisa de algo, é assim: “ Fulano, faça isso para o 14 de maio?” ou “Sicrano, apresenta isso para reunião não sei do quê?” ou ainda, “Beltrano, a turma do teatro pode fazer isso ou aquilo voluntário?”
A ‘Paixão’ é o único espetáculo que a prefeitura promove, único que gera emprego direto e indireto para os profissionais do teatro e, justamente nesse espetáculo que querem abrir para outras cidades? E os artistas locais? Aí vem outro (a) desavisado(a): “Pipipi, papapa, que licitação não pode inibir e tarara”. Se quiserem continuar licitando, que seja! Mas com pelo menos com tempo de antecedência. Ouçam, Poços de Caldas só aceita em seu edital para o JulhoFest ou para o Natal de Poços, propostas de ARTISTAS LOCAIS, conseguem fazer isso porque tem Lei Municipal de Cultura que assegura essa conquista aos artistas de lá. 
Quero que sejam artistas que conheçam a estrutura social  do espetáculo, que acrescente na vida pessoal do elenco, que reconheça no espetáculo sua carga cultural.
Durante um tempo quis, realmente, que esse modelo da ‘Paixão’ acabasse, esse modelo de fazer a toque de caixa, rapidinho, para cumprir calendário, sem preocupação estética, sem envolvimento, enfim: acabasse para recomeçar. Hoje ainda penso em reestruturação, mas entendo o porquê a Paixão ficou estática: o poder público  sucateou durante anos e anos e continua sucateando. Não se trata da presente gestão! O descaso vem de várias!
“Mesmo sabendo disso tudo você entrou na licitação?” Sim, entrei! E principalmente por saber disso tudo!
A ‘Paixão’ é minha, é sua, é da comunidade. Enquanto eu puder fazer algo para que ela permaneça, farei. Coisa de apaixonado. 
*Atua como ator em teatro desde 1995, diretor de teatro a partir de 1999, professor de teatro e graduado pela Universidade Federal de Ouro Preto (MG). Trabalhou em mais de 20 espetáculos em Passos, interior Mineiro e Paulista, além de Belo Horizonte, São Paulo e Curitiba.
- Toda opinião expressa neste espaço é de total responsabilidade de quem a emite.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

09
WELLS---160816
08
B
E
03
Yama-16.03.14
18
13
24-
05
22-
07
11
15

 

 

 

 

Últimas - Opinião

Leia mais

Terça-feira de filme no Cine...
Filme: 'MACUNAÍMA (1969)' Título Original: Macunaíma Atores: Grande Otelo, Paulo José, Jardel Filho Diretor: Joaquim Pedro de Andrade Duração: 108 min. Ano de Produção: 1969 Origem: Brasil Gênero: Comédia Sinopse: Macunaíma é um...
Como reduzir o consumo de...
BELO HORIZONTE (MG) - O verão é a estação mais quente do ano e, por isso, os ventiladores, climatizadores de ar e aparelhos de ar condicionado são mais demandados.  Por isso, a Cemig separou algumas dicas para que a utilização desses aparelhos não aumente significativamente o valor das contas...
PMP esclarece sobre...
PASSOS (MG) - Através de nota oficial, a Prefeitura de Passos esclarece que "existem normas de segurança do trabalho que todo órgão público precisa seguir. Embasado nisso, a prefeitura vai licitar uma empresa especializada para regularizar e fiscalizar todos os laudos de salubridade e periculosidade dos servidores...
Emidinho alerta para...
BELO HORIZONTE (MG) - Diante de um cenário atual positivo para a safra de café que se aproxima, o deputado estadual Emídio Madeira, o Emidinho (foto), fez um alerta ressalva sobre as previsões de safra que já começam a aparecer. Segundo o parlamentar, que também é cafeicultor no Sul de Minas e uma...
Ministro garante verba para...
BELO HORIZONTE (MG) - O deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa quinta-feira, (15), para agradecer aos deputados federais Carlos Melles (DEM) e Renato Andrade (PP) por levarem o ministro da Saúde Ricardo Barros às cidades de São Sebastião do Paraíso e Passos, no último...
Renato consegue viatura para...
PASSOS (MG) - Dia 9 deste mês, o deputado federal passense, Renato Andrade, entregou ao 12º Batalhão da Polícia Militar de Passos uma viatura para auxiliar na atuação do efetivo junto à comunidade. O veículo foi adquirido por meio de emenda parlamentar do parlamentar e destinada para auxiliar na...
Pimentel participa de...
BELO HORIZONTE (MG) - O governador Fernando Pimentel participou nesta segunda-feira (19), na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte, de reunião com os comandantes de Unidades Operacionais da Polícia Militar de Minas Gerais para discutir diretrizes e ações da corporação para este ano. Durante o encontro, o...
Vagas de emprego disponíveis...
PASSOS (MG) - Confira as vagas de emprego no setor de captação do Sistema Nacional de Emprego (Sine) localizado no posto da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) de Passos, na Rua dos Engenheiros, 119, Bairro Belo Horizonte, telefone (35) 3526-5955: Código  Vaga - Ocupação e Observações - Nº...
Alunos de curso de teatro...
PASSOS (MG) - O grupo Trupe Ventania está finalizando o quarto curso de teatro em Passos, e dias 23, 24 e 25, os futuros atores vão encenar no Teatro Rotary, a peça 'A Liberdade é um Pássaro sem Asas'. Os ingressos antecipados custam 10, mas na bilheteria sobrre para R$ 15. De acordo como o diretor teatral...
Copa Passos tem reunião...
PASSOS (MG) - O presidente da Liga Passense de Desportos (LPD), José Vítor dos Santos, determinou o dia 21 deste mês, próxima quarta-feira, o prazo para que os clubes confirmem a participação na Copa Passos 2018. A segunda e última reunião com os representantes está programada para ter...