SAÚDE

Fala Doutor: Corrimento vaginal

Por Luiz Alberto Pádua*
Normalmente  a vagina é mantida lubrificada pelas secreções do tecido que a reveste e esta secreção é limpa, úmida e sem cheiro. Esta secreção é percebida como um corrimento quase líquido e esbranquiçado. Este corrimento normal varia em quantidade e consistência nas diferentes etapas do ciclo menstrual e aumenta nos momentos de excitação sexual, na gravidez e nas mulheres que usam pílulas anticoncepcionais ou DIU. Antibióticos, stress, depressão e a gravidez podem levar a um corrimento anormal.
Um corrimento com aspecto anormal, especialmente quando acompanhado de coceira ou queimação na vagina ou dor durante a relação sexual, pode ser sinal de infecção e exige atenção médica.
As principais doenças causadoras de corrimento vaginal é a Candidíase e Tricomoníase. Mas muitas outras doenças podem ser as causadoras do corrimento. O importante é a mulher notar que a secreção que vem apresentando mudou de características e cheiro. Neste momento é preciso realizar exame ginecológico e ter este corrimento vaginal colhido e examinado em laboratório para chegar a um diagnostico e um tratamento específico para o caso. A Gardnerella vaginalis é outro agente causadora de corrimento.
Veja as características de cada uma que podem provocar corrimento e outras doenças sexualmente transmissíveis:
1) CANDIDÍASE VAGINAL: é uma infecção causada por fungo. O corrimento é espesso e branco, aspecto de leite, e ocorre uma irritação em torno da vagina, podendo apresentar uma coceira que incomoda muito a mulher.
2) TRICOMONÍASE: é uma doença causada pelo Tricomonas vaginallis e seu corrimento é amarelo – esverdeado, espumante ( bolhoso) e com muito mal cheiro. Dor no ato sexual é muito comum. 
3) GARDNERELLA: a gardnerella vaginalis é uma bactéria que muito mais comum que a mulher pensa. Ela é habita a vagina da mulher em 20 a 80 % das que possuem vida sexual. Nelas ela fica em equilíbrio quando a flora vaginal esta nos valores normais de PH. Quando este equilíbrio é rompido, ela aparece causando um corrimento amarelo – acinzentado, com bolhas esparsas e com um cheiro bem forte e semelhante a peixe morto. Ela pode causar infertilidade, infecção das trompas, endometrite  e na gestante  ser responsável pelas rupturas prematuras da bolsa d’agua e assim provocar partos prematuros.
4) CLAMÍDIA: a bactéria Chlamydia tracomatis causa uma infecção na mulher e em geral causa poucos ou nenhum sintoma. Pode ser transmitida por sexo oral, anal e vaginal e a mãe pode transmitir a doença para o filho na hora do parto normal. Geralmente , quando a mulher apresenta corrimento crônico , que volta logo após o tratamento, ou seja, é resistente ao tratamento, pode ser a ela , a clamídia, a  responsável. É preciso colher a secreção e realizar o exame especifico para tal.
5) GONORRÉIA: a bactéria Neisseria gonorrae gera uma secreção forte, esverdeada e que arde a genitália e provoca um ardor intenso ao urinar. É muito prejudicial e leva a um desconforto intenso á mulher quando tem relações.
Alguns fatores podem provocar o corrimento. O uso de calcinhas, por exemplo, é um deles. Calcinhas de lycra podem abafar a ventilação da genitália e levar a um possível corrimento por causa do abafamento da ventilação.
A higiene intima é outro fator importante que se não for frequentemente feito pode sim aumentar a frequência de secreções. Até uma higiene no período menstrual é preciso fazer corretamente para não provocar uma infecção.
CUIDADOS NECESSÁRIOS PARA PREVENÇÃO DE CORRIMENTO:
1) HIGIENE INTIMA DIÁRIA
A limpeza da área genital deve ser parte de sua rotina diária. Entretanto, a pele nesta região é muito delicada e precisa ser tratada com cuidado para não irritar e inflamar. Use apenas água para banhar a genitália. Lave somente a vulva, a parte externa, porque a vagina é mantida limpa pelas suas próprias secreções. O uso de duchas vaginais, dentro da vagina e outros sabonetes ou sais de banhos, podem perturbar o equilíbrio químico da vagina, abrindo caminho para as infecções.
2) HIGIENE MENSTRUAL
A escolha de absorventes para os períodos menstruais é uma questão de preferência pessoal. Os externos são mais adequados para as mulheres com sangramento abundante devido ao seu poder de absorção. Troque o absorvente a cada três a seis horas, dependendo da quantidade do fluxo menstrual.
3) ESCOLHA DA CALCINHA
Alguns fatores podem provocar o corrimento. O uso de calcinhas, por exemplo, é um deles. Calcinhas de lycra podem abafar a genitália e levar a um possível corrimento por causa deste  abafamento da ventilação. O adequado é o uso de algodão que permite uma melhora da circulação do ar.
4) USO DE PRESERVATIVOS
Com certeza, o uso de preservativos, é uma medida preventiva muito importante, pois diminui acentuadamente o risco de ter uma infecção genital e apresentar corrimento. Além destas doenças relatadas, outras doenças sexualmente transmissíveis podem ser prevenidas como a  AIDS,Herpes genital, Sifilis,etc. Se o homem não quiser  usar a camisinha masculina , a mulher deve usar a feminina. Se não houver entendimento, é melhor não ter relação, pois o risco de doenças é elevado. Se ele faz isso com você, é porque não faz com outras parceiras, e ai, o risco é elevado de contaminação.
5) NÚMERO DE PARCEIROS 
O numero maior de parceiros certamente pode aumentar o risco de pegar infecção. Quanto menos parceiros, menor é o risco de infectar – se. Muitos homens que estão doentes,  não apresentam sintomas de infecção genital e nem todos apresentam queixa de ardência ao urinar ou lesões no pênis. 
6) EXAMES MÉDICOS DE ROTINA
O exame ginecológico completo é necessário realizar como prevenção das doenças da mulher a cada seis – 12 meses. Mesmo a mulher não tendo sintoma, é preciso visitar o ginecologista. O exame é simples, rápido e de uma enorme valia,  pois através da coleta da secreção vaginal e da mucosa do colo uterino , ocorre a prevenção do câncer do colo uterino e também diagnostica , a presença de infecção vaginal. O papanicolau e a colposcopia fazem parte do exame preventivo completo. 
Evite se auto-medicar, pois é necessário identificar, conhecer, saber qual agente esta provocando os corrimentos. E somente o medico tem como prescrever o tratamento correto para cada caso. Saiba que se não tratar, as consequências podem ser infertilidade, infecção na pelve, dor forte e riscos de complicações na gravidez e parto.
Esteja alerta ao corrimento, faça exames, trate e tenha uma vida feliz. Mulher sem corrimento tem uma vida sexual mais saudável.
* Dr. Luiz Alberto Dias de Pádua, Dr. Baruzinho, médico formado pela Faculdade de Medicina de Barbacena (MG). Se especializou em Ginecologia-Obstetrícia, Cirurgia Geral e Ultrassonografia. Reside desde 1996 em Aracaju (SE). Médico Humanista e defensor da Saúde Publica. Escreve Artigos médicos para o Jornal Correio de Sergipe. Participação de Saúde no Programa do Bareta pela TV Atalaia (Record). Possui um programa de rádio , 'Fala Doutor' na rádio Jornal 540 de Aracaju. Este contato com a imprensa é uma homenagem que ele faz ao seu pai, Messias Augusto de Pádua, o Baru de Pádua. Ambos nasceram em Passos (MG).
- Toda a opinião expressa neste espaço é de total responsabilidade de quem a escreve.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

07
13
15
Yama-16.03.14
24-
E
03
09
22-
WELLS---160816
B

 

 

 

 

Leia mais

Paraíso promove a Semana do...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - O Conselho Municipal de Direitos do Idoso (CMDI), com o apoio da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, realiza de 1 a 5 de outubro a 2ª Semana do Idoso. O objetivo do evento é proporcionar um espaço de...
Cursos oferecidos pelo Senar...
Período de 24 a 29 de setembro FORMAÇÃO PROFISSIONAL RURAL- PROMOÇÃO SOCIAL Trabalhador de apoio à agricultura / Defensivo Agrícola - Tratorizado Sindicato dos Produtores Rurais de Guaxupé (35) 3551-1602 27/09/18 a 29/09/18 Guaxupé Trabalhador de apoio à...
Paraíso planta mudas de ipê...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - O “Dia da Árvore”, celebrado em 21 de setembro, foi marcado em São Sebastião do Paraíso pela continuidade de um projeto idealizado pela educadora física, Viviane Mercedes da Silva. Em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e, em conjunto com outra...
Concessionária promove...
DIVINÓPOLI (MG) - A Concessionária AB Nascentes das Gerais fecha a Semana Nacional do Trânsito (18 a 25 de setembro), com blitzes educativas, em Piumhi e Divinópolis, e apresentações teatrais para crianças nas cidades de Capitólio e Passos. Durante toda a semana a concessionária desenvolveu...
Secretaria promove campanha...
SÃO S. PARAÍSO (MG) - A Secretaria Municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transporte e Defesa Civil da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso realiza até o dia 30 deste mês diversas atividades relacionadas à “Semana Nacional do Trânsito”. Os eventos...
Prefeitura de Passos promove...
PASSOS (MG) -  A Prefeitura de Passos realizou nesta sexta-feira (21), VI Manhã do Cuidador promovida pela Secretária Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Atenção Primária (Nasf e Unidades de Saúde). O evento aconteceu na Associação dos Municípios da Microrregião...
CPN: Natação, basquete e...
PASSOS (MG) - O Clube Passense de Natação (CPN) estará representado em três competições diferentes nesse final de semana. Enquanto que a natação está em Ipatinga, o basquete e o futsal jogam em Passos. Além de todas dessas competições, o ginásio 1 estará...
Prefeitura divulga ações...
PASSOS (MG) - A Prefeitura de Passos vem realizando melhorias no meio ambiente com replanejamento da arborização visando o bem-estar da população. Um balanço das ações realizadas foi divulgado como forma de marcar este 21 de setembro, em que é comemorado o Dia da Árvore, e o início da...
Pacheco refuta candidato que...
BELO HORIZONTE (MG) - Durante visita a Leopoldina, nesta quinta-feira (20), o candidato ao Senado por Minas, deputado federal Rodrigo Pacheco (Democratas), afirmou que a população do estado não aceita ser tutelada no seu voto por candidatos que visam somente 'projeto de poder e projeto de partido'. Pacheco é candidato...
Projeto garante sanitários...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Os vereadores aprovaram por unanimidade o Projeto de Lei (PL) número 005/2017 que trata da colocação de sanitários químicos adaptados às necessidades de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida em eventos. De autoria do vereador Filipe Carielo, o projeto visa garantir...