POLÍTICA

Política

Encontro discute a descriminalização das drogas

BELO HORIZONTE (MG) - A necessidade de uma mudança em decisões da Justiça mineira que tipificam usuários de drogas como traficantes e levam em consideração os aspectos físicos e raciais foi defendida pelo desembargador do Tribunal de Justiça (TJMG), Alexandre Victor de Carvalho. Ele participou, na noite desta quinta-feira (16), do Encontro Internacional Descriminalização das Drogas, no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).
O desembargador foi responsável pela palestra magna “Descriminalização das Drogas sob a Ótica da Legislação no Brasil”. Ele apresentou um panorama histórico da construção do discurso de combate ao uso das drogas e debateu os fundamentos que motivam o atual debate sobre a sua descriminalização.
De acordo com ele, a descriminalização do uso das drogas é debatida hoje no Brasil tendo como viés argumentos econômicos, como o alto custo financeiro do combate ao tráfico e a necessidade de redução da população carcerária. Entretanto, Alexandre de Carvalho afirmou que não é o lado econômico que deve pautar essa discussão, e sim os aspectos humanos.
Segundo ele, cerca de 70% dos processos criminais recebidos pelo TJMG têm relação com o tráfico de drogas, sendo que, desse montante, 80% são referentes a usuários tipificados como traficantes. O desembargador criticou decisões em que usuários são considerados traficantes, sendo que a quantidade de droga envolvida é de 100 gramas de maconha, por exemplo.
Para Alexandre de Carvalho, a descriminalização não vai acabar com o problema da superpopulação carcerária, pois esse usuário vai continuar sendo tipificado como traficante. “É preciso uma mudança na mentalidade carcerária brasileira. O que vai continuar acontecendo é que se a pessoa tiver o modelo étnico de traficante, ela vai continuar sendo tipificada como tal”, afirmou.
De acordo com o desembargador, o debate atual da descriminalização do uso das drogas está ancorado no fato de que a classe média branca passou a defender o uso da maconha. Para ele, entretanto, não há o mesmo debate sobre a descriminalização do crack, por exemplo, porque o seu uso envolve em geral a população economicamente mais vulnerável.
Segundo o desembargador Alexandre de Carvalho, a hegemonia dessa retórica sobre as drogas tem pertencido ao governo dos Estados Unidos, que difundiu mundialmente a repressão ao seu uso. “Na maioria das legislações modernas, as políticas criminais para controlar o uso das drogas tem se inspirado na ideologia proibicionista”, apontou. Para ele, o governo norte-americano utilizou a luta contra drogas como meio para impor seu papel hegemônico sobre o mundo e sobre a América Latina, em especial.
Alexandre de Carvalho analisou como a legislação proibitiva norte-americana também teve como pano de fundo um controle social, em que se excluía e marginalizava os setores sociais desprotegidos, como os imigrantes, em detrimento da classe média branca. Ele apontou que, entretanto, na década de 1960, o discurso começou a mudar devido, principalmente, à presença de um grande número de usuários jovens de classe média. Mas, conforme explicou, nas décadas de 1980 e 1990 houve um aumento da repressão ao uso das drogas, fato que estaria ligado novamente a uma política dos Estados Unidos, que aumentou o combate ao tráfico internacional. Na abertura do evento, os convidados defenderam que as mudanças na legislação sejam fundamentadas em um debate sobre o tema, levando em consideração os aspectos sociais, científicos e humanos.
O presidente da Comissão de Prevenção e Combate ao Uso de Crack e Outras Drogas e autor do requerimento, deputado Antônio Jorge (PPS), afirmou que as políticas públicas atualmente voltadas apenas para a proibição do uso das drogas mostraram seu limite no Brasil. “É preciso avançar, reconhecer os limites das políticas atuais e, através do estudo e do debate das experiências já existentes, verificar o que pode ser atualizado”, apontou Antônio Jorge.
O secretário adjunto de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Gabriel dos Santos Rocha, defendeu a mudança na legislação do País, envolvendo outras áreas, como esporte, saúde e cultura. A subsecretária de Estado de Política sobre Drogas, Patricia Magalhães Rocha, apontou a importância da humanização do debate e da construção de uma política voltada para o usuário.
O diretor de Articulação e Projetos da Secretária Nacional de Políticas sobre Drogas, Cloves Eduardo Benevides, defendeu que a construção de uma política pública sobre drogas leve em consideração tantos os aspectos científicos quanto a posição da sociedade.
População carcerária
O deputado Durval Ângelo (PT) apontou que, em Minas Gerais, 86% da população carcerária está ligada à questão das drogas. “Temos que pensar nesse número e lembrar que existe um corte de classe racial nas nossas prisões”, afirmou.
Já o deputado Vanderlei Miranda (PMDB) destacou a necessidade de que o tema seja discutido com cautela. Ele apontou que estudos feitos em países da América Central e do Sul indicariam que, nos locais em que o uso foi descriminalizado, houve um aumento da população carcerária.
Evento
O encontro internacional continua no Plenário da Assembleia ao longo desta sexta (17). Consulte a programação completa do evento.
AC da ALMG
- Estas informações podem ser lidas no Facebook (Ézio Santos e passosmgonline) e devem ser compartilhadas.
 
E
B
15
05
24-
03
WELLS---160816
22-
09
11
13
07
08
Yama-16.03.14
18

 

 

 

 

Leia mais

Festa do Suíno será...
PASSOS (MG) - Com a chancela do Rotary Clube de Passos, acontece neste domingo (19), a tradicional Festa do Suíno em prol da Creche Mizael Ferreira da Silva. O evento que já está em sua 16º edição, acontece no Parque de Exposições de Passos a partir das 11h30. O presidente do Rotary, Marcelo...
Encontro discute a...
BELO HORIZONTE (MG) - A necessidade de uma mudança em decisões da Justiça mineira que tipificam usuários de drogas como traficantes e levam em consideração os aspectos físicos e raciais foi defendida pelo desembargador do Tribunal de Justiça (TJMG), Alexandre Victor de Carvalho. Ele participou, na...
Passos terá Semana da...
PASSOS (MG) - Celebrando a cultura negra, resgatando a autoestima através da valorização, do sentimento de igualdade de direitos e do respeito às diferenças, acontecerá entre os dias 20 e 24 de novembro, a II Semana da Consciência Negra de Passos. Com foco na educação, entre segunda e...
Usuários estão sem balsa...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - O vereador Filipe Carielo (foto) informou que foi procurado por usuários da balsa do Itapiché e estão solicitando o retorno da embarcação que está sem realizar travessia no Lago de Furnas desde o dia nove deste mês. “Pediu que a gente fizesse essa solicitação...
Renato visita obra do trevo...
PASSOS (MG) - O deputado federal passense, Renato Andrade, visitou nesta quinta-feira (16), as obras do trevo da Avenida Arlindo Figueiredo/Rodovia MG-050, em Passos. Após tantas reivindicações e paralisações em 2009 e 2015 para solicitar a construção do trevo, finalmente ele está sendo...
CPN recebe Sul Mineiro de...
PASSOS (MG) - O Clube Passense de Natação (CPN) está recebendo desde sexta-feira, 17, o terceiro festival, semifinal e final sub-16 masculino, a segunda e terceira etapas sub-19 masculino do Campeonato Sul Mineiro, Assessoria Regional AR 2, da Federação Mineira de Vôlei Os jogos estão acontecendo no...
Passos sedia o mineiro de...
PASSOS (MG) - A cidade será sede neste domingo (19), do Campeonato Mineiro de Jiu-Jitsu. Toda estrutura será montada pelo Clube Passense de Natação (CPN) no ginásio poliesportivo Municipal da Barrinha, em parceria com a equipe FR Brazilian Jiu-Jitsu. A expectativa é que cerca de 600 atletas de todo o estado...
Câmara institui o Dia da...
CARMO DO RIO CLARO (MG) - Com a intenção de afirmar a importância do negro na formação do país e  promover a reflexão sobre o tema, a vereadora Angela Vitor (foto) foi autora do Projeto de Lei (PL) número 052/2017 que cria o Dia da Consciência Negra no município. A data foi...
Prefeitura de Passos recebe...
PASSOS (MG) - Na tarde desta quarta-feira (16), no Parque da Estação, os alunos da Escola Estadual São José entregaram à Administração Municipal, as maquetes projetadas por eles sobre a Estação Cultura e a capela centenária de Nossa Senhora da Penha. A professora de história,...
Passos recebe novos cursos de...
PASSOS (MG) - O Centro Universitário Unicesumar inaugura esta semana um polo de Educação a Distância na cidade. A partir de agora, jovens e adultos da cidade e região contam com a presença e a força de um dos dez maiores grupos educacionais privados do Brasil. Por oferecer uma das melhores estruturas...